A China critica os EUA por serem "o ladrão de segredos número um do mundo" após relatos de NSA espionando líderes aliados

74 2021-06-03 15:44:39 Politica
O Ministério das Relações Exteriores da China emitiu uma repreensão severa às práticas de inteligência dos EUA depois que Emmanuel Macron e Angela Merkel exigiram respostas sobre relatos de que Washington usou a inteligência dinamarquesa para monitorar seus líderes aliados.

Falando na quinta-feira, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Wang Wenbin, afirmou que os EUA são o ladrão de segredos número um do mundo e bisbilhota seus aliados usando um amplo espectro de técnicas.

Os recentes relatos da mídia sobre o monitoramento dos EUA de seus aliados europeus é apenas a ponta do iceberg da enorme rede de sigilo global de Washington, afirmou Wang, acrescentando que a comunidade internacional precisa responsabilizar os americanos.

Wang afirmou que a chamada ‘rede limpa’, uma plataforma proposta pela administração Trump destinada a proteger contra intrusões agressivas de atores malignos, é apenas um estratagema para consolidar o monopólio dos EUA na tecnologia.

O porta-voz disse que embora os EUA tenham empreendido operações secretas, espionando o mundo, incluindo seus aliados, eles também reprimiram de forma irracional outras nações e entidades comerciais com base na chamada segurança nacional. Isso “expõe totalmente a hipocrisia dos Estados Unidos”, afirmou.

Clica aqui para ler mais Partilha Agora

Artigos Relacionados