“Concurso público não será anulado”

27 2021-04-26 09:57:36 Politica
O concurso público para a recolha de lixo em Luanda, que foi concluído no início de Março, “não será anulado, nem se coloca essa questão”, disse, ontem, em conferência de imprensa, a governadora provincial.

"O concurso mantém-se de pé. As duas partes - Governo Provincial de Luanda (GPL) e empresas contratadas - sabem as obrigações que devem cumprir. Mesmo assim, registámos, com agrado, a iniciativa e a ajuda orientada pelo Presidente da República”, frisou Joana Lina.

A governante explicou, ainda, que os contratos foram devidamente assinados e os acordos "estão todos em operação”. Joana Lina justifica os enormes focos de resíduos espalhados pelos nove municípios da província, mesmo depois da entrada em vigor dos novos contratos, com o passivo acumulado durante o período em que não houve recolha de lixo.

O grupo de trabalho, que envolve Carolina Cerqueira (ministra de Estado para a Área Social), Vera Daves (ministra das Finanças), Pedro Sebastião (ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança), Manuel Almeida (ministro das Obras Públicas e Ordenamento do Território) e Sílvia Lutucuta (ministra da Saúde) vai apoiar o GPL durante "o tempo que for necessário”. "Não estamos a falar de uma campanha dirigida por um ou dois dias. Pretendemos que as acções sejam concretizadas da forma mais célere possível, mas é uma iniciativa sem tempo definido”, disse Joana Lina.

Clica aqui para ler mais Partilha Agora

Artigos Relacionados