Lunna: Decomposto!

2299 2018-02-12 10:45:28 Entrevistas
“O ‘n’ adicional veio mesmo para não ficar muito simples e com dois ‘Ns’ fica mais bonito.

Nos últimos anos, mais e mais angolanos têm se juntado as fileiras do rock nacional. Mesmo com a falta de equipamentos, estúdios apropriados e produtores qualificados no senário, nós continuamos a levantar o braço e “keeping on rocking”. Desta feita são os “Lunna”, uma banda da Huila, que foi fundada de um sonho ou desejo de ser uma banda de rock. Os Lunna passaram por várias adversidades desde a falta de equipamentos, "tabus", falta de shows e outros assuntos comum e mesmo assim não desistirão.

Esta semana o baterista Frederico Mauricio não poupou esforços e falou a LEA.CO.AO e divulgou alguns segredos que nunca antes foi publicado a imprensa. O papo rodou em torno do início da banda e culminou com a preparação do primeiro disco de inéditos que sairá ainda este ano se tudo correr bem. Fica ligado e conheça melhor os Lunna!

LEA - Como começou os Lunna?

Lunna - A banda começou mas por amizade do que outra coisa. No princípio nem tínhamos instrumentos, mas já éramos uma banda com 4 membros na altura, desses 4 só ficaram 2 que sou eu o actual baterista e o vocalista. Mas tudo começou mesmo por amizade e curiosidade pelo estilo.

LEA - O nome já era Lunna?

Lunna - Yah o nome sempre foi Lunna.

LEA - Porque foi que os outros dois deixaram a banda ou grupo neste caso?

Lunna - O guitarrista teve que estudar fora do país e o baterista saiu por decisão nossa mesmo, já não estava a dar para trabalhar com ele.

LEA - Quere se explicar melhor ou preferes saltar esta parte “já não estava a dar para trabalhar com ele”?

Lunna - Havia frequentemente desentendimentos entre ele e nós, então decidimos parar de trabalhar com ele e foi aí que eu assumi a posição de baterista.

LEA - Mas nesta altura ainda continuavam sem instrumentos?

Lunna - Isso aconteceu já em 2016 aí já tínhamos instrumentos.

LEA - Já deviamos ter perguntado isto antes, Lunna porque, e o que é Lunna na vossa perspectiva?

Lunna - Luna significa lua em espanhol e é algo que está sempre ali é como se fosse alguém que está sempre ali para nós. Nós como amigos estamos sempre ali para cada um de nós. Todos concordaram com o nome e com a ideologia então ficou mesmo Lunna.

LEA - Segundo as nossas pesquisas Luna em espanhol é com um “n”, que significado tem o “n” adicional no vosso nome?

Lunna - Sim Luna é mesmo só com um "n". O "n" adicional veio mesmo para não ficar muito simples e com dois "Ns" fica mais bonito. rsrsrs



LEA - A pouco mencionaste de que assumiste a bateria, o que eras antes, e não sentes saudades do teu antigo posto?

Lunna - Fui segundo vocalista e percussionista. Por acaso sinto saudades do meu antigo posto não dá para negar, rsrsrsrs.

LEA - Como está a constituição actual da banda?

Lunna - Actualmente a banda é composta por 4 elementos. Eu o baterista, Rodney Fingo no baixo Ylialdo Leitão na guitarra e Kcassio na voz.

LEA - Qual é a relação actual entre os membros da banda?

Lunna - Como havia dito no princípio a banda começou mais por amizade. A relação actual dos membros da banda é boa. creio eu que não poderia ser melhor que já é. Nos entendemos bem e juntos trabalhamos melhor ainda.

LEA - Porque o rock?

Lunna - Rock porque é um estilo que praticamente nos viu crescer, desde miúdos acredito que cada um de nós sempre sonhou em pertencer a uma banda de Rock o sonho acabou por se tornar realidade. rsrsrsrs

LEA - E o que é ser uma banda de rock na Huila, uma vez que já é difícil em Luanda?

Lunna - Acredito que na Huila é mais difícil, o Rock aqui ainda está a crescer e nós com a ajuda de outras bandas e algumas organizações estamos a alimentar este crescimento desde o princípio, portanto acredito que na Huila uma banda de Rock atravessa mais dificuldades do que em Luanda.

LEA - Como têm lhe dado com a manutenção dos equipamentos uma vez que foi difícil adquiri-los?

Lunna - É a parte mais complicada, temos que encomendar o que danifica de outras províncias ou mesmo fora do país, mas graças a Deus tem tudo corrido bem.

LEA - A tempos gravarão o vídeo da música “Passo à passo”, que retorno têm tido do público?

Lunna - O retorno tem sido positivo, para um primeiro vídeo nosso, o retorno está a ser mesmo positivo mas acredito que podemos fazer melhor.



LEA - Como nasceu o concepto do vídeo e quem filmou?

Lunna - Bom, a princípio queríamos mesmo só gravar a música, o produtor da “Lubangowood films” é que nos incentivou a gravar o vídeo e ele mesmo é quem filmou. O Conceito do vídeo é mesmo essa luta diária das pessoas que lutam pela vida e como diz o título da música. Nós queremos mostrar que é possível atingir os objectivos e as metas “Passo à passo”. Nuno Barreto é o nome do produtor.

LEA - Já podemos falar de um CD em breve?

Lunna - É uma das metas que queremos atingir se tudo correr bem esse ano, é possível que saia um CD. Tudo vai depender do nosso trabalho.

LEA - Quantas músicas podemos esperar e será o álbum todo produzido no Lubango?

Lunna - Se conseguirmos o álbum, a previsão é de 12 a 13 músicas. Se for um EP, 4 músicas apenas. A nossa ideia é mesmo produzir tudo aqui por enquanto.

LEA - Com que produtores estão a trabalhar?

Lunna - Estamos a trabalhar sem produtores, é tudo por nossa conta mesmo.

LEA - Quando diz “é tudo por nossa conta mesmo “ queres tu dizer que estão a fazer as capitações, misturas e masterizações?

Lunna - Sim é mesmo isso e também porque somos uma banda independente.



LEA - Será que o álbum ou EP já tem um título?

Lunna - Não ainda não.

LEA - Quantos vídeos pretendem fazer para o álbum?

Lunna - Ainda não soubemos. A princípio queremos fazer o maior número de vídeos possível.

LEA - Que mensagem deixas para os outros “rockers” que acham que é difícil fazer o que vocês estão fazendo?

Lunna - Que acreditem neles mesmos e que lutem pelos seus objectivos, dificuldades vão sempre aparecer é normal, basta não desistirem dos seus objetivos.

LEA - O que achas da LEA.CO.AO?

Lunna - É um site interessante que trabalha na divulgação de vários artistas o que é muito bom para artistas no geral. Acredito que pode melhorar e espero que melhore mesmo porque precisa de algumas actualizações principalmente no design geral do site

Partilha Agora

Artigos Relacionados