Anabela Aya

1ª Arte - Música

PUB

Biografia

Anabela Aya, Anabela Virgínia Dias Pipa nasceu no dia 9 de Setembro de 1983, em Luanda. Oriunda de uma família religiosa, Anabela Aya iniciou o seu contacto com a música aos cinco anos de idade, ouvindo os cantares religiosos do coro da Igreja Metodista Independente, Caridade, onde a mãe é professora.

Anabela Ayateve formação vocal na sua igreja, criando as bases técnicas que depois permitiram a sua versatilidade, e propensão para interpretar os géneros: gospel, base da sua formação musical, bossa nova, soul, rythm & blues, reggae, semba, incluindo o fado. A cantora guarda consigo, e reproduz sempre que pode, as palavras de um apreciador da sua música: “A empatia que cria em quem a ouve é arrepiante. Sensualidade, emoção, “coolness” e amor são as palavras que a podem caracterizar!

Anabela Aya apresentou este ano asua primeira obra de originais,com 10 faixas.O CD Kuameleli chegou para acrescentar qualidade no acervo musical Angolano e universal, cantora de múltiplos recursos vocais, Anabela Aya é, para além de prestigiada actriz, uma das vozes mais promissoras da nova geração de intérpretes do universo afro-jazz, e tem enveredado, de forma segura e modesta, pelos caminhos híbridos da renovação estética da Música Popular Angolana.Intérprete da canção vencedora da vigésima edição do Festival da Canção de Luanda 2017.

Diva da Música 2017.Várias vezes indicada e nomeada para outras premiações.Pela qualidade das suas interpretações e impacto da sua prestação vocal, Anabela Aya foi figura de cartaz nas comemorações do Dia Internacional do Jazz, comemorado pela primeira vez em Luanda no dia 30 de Abril de 2014, no palco da Sala Angola I do Hotel Epic Sana, ocasião em que foi acompanhada pela Banda Afro Beat, constituída por Mário Grarnacho (teclas), Gary Sinedima (voz), Fredy Mwankie (baixo eléctrico) e Joel Pedro (bateria). A cantora dividiu o palco com Tony Jackson, acompanhado nas teclas por Terinho Mumbanda, e o saxofonista, Nanutu.Anabela Ayaparticipou ainda no concerto em homenagem à figura e aos feitos de Nelson Mandela, em Dezembro de 2014, na Taberna Urbana, Rua dos Mercadores, em Luanda, em que participaram: Teddy Nsingi, Derito, Irina Vasconcelos & Edy British, Wyza, Hélder Mendes, Ndaka Yo Wiñi, Nuno & Ivo Mingas, Gari Sinedima, e Toty Sa’Med.

Em Novembro de 2014, prestou tributo, no Viana Restaurante & Casino, em homenagem ao falecido cantor e compositor angolano, Carlos Nascimento, em que participaram Mário Garnacho, Gari Sinedima, Paula Agostinho e Vitor Hugo. Durante a sua carreira já dividiu o palco, com o cantor Pedro Malagueta, que gravou o LP "Recordando Nat King Cole", o pianista e Maestro Terinho e o percussionista Dalú".