Mc K

1ª Arte - Música

PUB



Biografia

MC K nasceu em Luanda, ganhou notoriedade quando a guarda presidencial de José Eduardo dos Santos matou, a 26 de Novembro de 2003, Arsénio Sebastião "Cherokee" de 27 anos de idade, por cantar "A téknica, as kausas e as konsekuências" de MCK, também conhecida como o "Sei lá o quê, uáué".

Por sua vez, Cherokee tornou-se num símbolo da injustiça em Angola, o rapper MCKappa (ou MC K) é uma espécie de voz quase solitária em Angola. Por suas letras virem carregadas de denúncias sociais e alertando para a democracia ditatorial imposta em Angola.

MC K já sofreu ameaças e atentados de mortes. Mas ele não se intimidou. “A música é um instrumento de luta”, prega na abertura de seu CD Nutrição Espiritual, o segundo da carreira. Nela, ele defende ainda que o rap angolano tem de trazer a própria identidade, a própria cara, “a fotografia da voz”.


Letras