Leitor

1ª Arte - Música

PUB

Videografia

Maestro

Maestro

Leitor

2015-10-28



Biografia

Leitor como e conhecido nas lides artísticas nasceu César António Zeferino aos 16 de Abril de 1982 no município de kalandula província de Malanje, filho de António Raimundo Zeferino e de Ana José da silva ambos de origem kimbundo. Aos 3 anos Leitor e sua família, refugiam-se na cidade de Malanje em busca de segurança devido o conflito que assolava a região na altura, frequentou o ensino primário na escola 11 de novembro cito no bairro campo de aviação, foi neste local de aprendizagem que através do seu gosto pela leitura era sempre chamado para declamar poesias nas actividades escolares, desde então passou a cultivar a paixão pela arte sonhando assim um dia almejar grandes patamares.

Em 1993 Leitor e sua família refugiam-se para Luanda cidade capital devido aos confrontos causados pela não aceitação da oposição nos resultados das eleições de 1992. com a força de vontade continuou os seus estudos no ensino secundário na escola 1 de Maio. A sua mudança para a capital ajudou muito o seu desenvolvimento artístico, mas só foi em 1996 que por influencia de amigos passou a frequentar o núcleo rap um colectivo de artistas, activistas e seguidores que emancipavam a cultura hip-hop na cidade de Luanda. Em 1997 começou a fazer as suas primeiras composições e em 1998 engrossou o ensino médio no IMEL a seguir o curso de jornalismo foi neste ano que se juntou ao antigo companheiro e formaram a dupla “Defensores do Ghetto”. Em 1999 a dupla gravou duas músicas que carregavam conteúdos do nosso quotidiano relacionado com a situação sociopolítica que se vivia na altura no país. Com pouca divulgação nos medias participavam nos poucos shows que eram organizados nos bairros periféricos da capital, com muitas dificuldades de realizar os seus sonhos atendendo as escasseeis de estúdios de gravação e a situação politica militar que o país atravessava no ano de 2000 Leitor decide emigrar para África do Sul mais concretamente na Cidade do Cabo. Lá, ele sentiu-se na necessidade de continuar os seus estudos e mais a sua carreira musical nunca ficou de lado.

Só no ano de 2003 que retomou as gravações seguindo assim a carreira a solo decide mudar de nome optando assim por Leitor. O nome surge através da paixão pela literatura e na declamação de poesia.

O contacto com o movimento HIP-HOP aprofundou o seu intelecto na busca de conhecimento em obras literárias de nacionalistas angolanos, africanos e americanos, filho de origem kimbundo carregando consigo os princípios da preservação da afro-renascença por intermédio da literatura contemporânea e a tradição oral. Atendendo as inúmeras dificuldades não consegue dar continuidade dos seus estudos estando somente inclinado na musica.

em 2005 decide mudar para Joanesburgo onde a industria musical esta centralizada e muitas foram as dificuldades para o público poder se relacionar com as demais questões abordadas nos seus temas atendendo o factor língua e no estilo RAP, notou-se a necessidade de compor musicas em inglês foi assim que começou a fazer participações com certos músicos locais e também a ser convidado para shows. Chegou o grande desafio começar a gravar o seu primeiro trabalho discográfico em 2007 com produtores sul africanos e angolanos com participações de músicos sul africanos e angolanos. No decorrer das gravações em 2008 surge o conflito da xenofobia dificultando assim a sua continuidade por motivos de segurança sentiu se esforçado a regressar para Angola onde alongo de pouco tempo tem evidenciado esforços para concluir a sua primeira obra discográfica e a sua inserção no mercado nacional.