Mais de 40 processos de peculato em instrução

31 2021-02-15 21:38:45 Politica
Mais de 40 processos-crime de peculato, tráfico de influências, corrupção e branqueamento de capitais, que envolvem ex-governadores do Cuando Cubango, vice-governadores e administradores municipais, encontram-se na fase final de instrução preparatória na Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) da Procuradoria-Geral da República (PGR), informou o subprocurador-geral da República titular da província, Nilton Muaca.

Em declarações, sexta-feira, ao Jornal de Angola, em Menongue, o magistrado esclareceu que estão igualmente implicados nas averiguações da DNIAP alguns directores provinciais, chefes de departamento, secção e outras pessoas, que tiveram ligações com gestores que gozam de foro especial, no desvio de centenas de milhões de kwanzas que inviabilizaram o crescimento da província.

Segundo o magistrado, os processos foram remetidos à DNIAP há cerca de um ano, por ser o órgão da PGR que faz a instrução e investigação de processos-crime de peculato e outros complexos que envolvam pessoas que gozam de foro especial, tendo sido detido, preventivamente, nesta condição, o ex-vice-governador do Cuando Cubango, Ernesto Kiteculo (que aguarda julgamento em liberdade).

"Temos contacto permanente com a DNIAP para a troca de informações e recolha de dados. As pessoas que os praticaram são astutas, destruíram uma série de documentos e a PGR no Cuando Cubango tem estado a auxiliar os colegas na reconstituição de provas mediante as cartas precatórias, para que os acusados sejam ouvidos em tribunal a breve trecho”, disse. O magistrado informou que a PGR no Cuando Cubango está a instruir outros 40 processos-crime de peculato que envolvem, além de funcionários públicos, empresas de construção civil e prestadoras de serviços, dois dos quais já se encontram em julgamento no Tribunal local.

Clica aqui para ler mais Partilha Agora

Artigos Relacionados